Freelance- 21 sites para trabalhar de freelance

O trabalhador freelancer é basicamente um profissional autônomo, ou seja, que não tem vínculos empregatícios com empresas. Sendo assim, o profissional organiza sozinho seus horários e suas tarefas, possuindo assim mais liberdade com cotidiano, mas total responsabilidade sobre os riscos.

Portanto, é importante que antes de buscar um trabalho freelance, você tenha consciência da responsabilidade que esse tipo de trabalho trás, por exemplo: efetuar o pagamento de um convênio medico, vai depender do seu rendimento mensal, sempre há o risco de não vender, ou de pagamentos atrasarem, etc.

A parte boa de trabalhar como freelance é ter a possibilidade de crescer seu próprio negocio, pois trabalhar como autônomo faz com que você não tenha limites de crescimento, ou seja, quanto mais você trabalhar melhor serão seus resultados.

Se deduz que a palavra “freelance” teve origem quando alguém se referiu ao exercito de Sir Walter Scott’s Ivanhoe, como “free lances”, ou seja, “lanças livres”. O sentido dessa expressão era indicar que eles eram mercenários pelos quais lutariam para qualquer nação ou pessoa que pagasse o preço mais alto.

Se você for uma pessoa focada e dedicada, ou um lanceiro profissional, esse tipo de serviço com certeza é para você.

mulher lanceira em festival em Warwick Castle, War of the Roses- freelancer

Foto por Fas Khan

Quem pode fazer freela?

Tecnicamente qualquer pessoa pode trabalhar freelance, no entanto, apenas as que conseguem se adaptar ao tipo de serviço se mantem nesse método de trabalho. Abaixo vamos listas algumas coisas que você precisa estar ciente para se tornar um freelance profissional.

Se prepare economicamente

Não largue tudo para trabalhar como freelance, primeiro é necessário saber se você vai conseguir se manter nos primeiros meses. Se é possível, se estabilize primeiro como autônomo antes de sair do seu emprego fixo.

Por exemplo: faça seu serviço freelance paralelamente ao seu trabalho fixo, logo, quando você conseguir lucros com seu trabalho freelance e já estiver mais acostumado com o funcionamento desse tipo de serviço, arrisque e trabalhe apenas com freelas. Sabemos que é muito cansativo, mas é um esforço que vale a pena pela segurança.

A segunda opção seria trabalhar e juntar muito dinheiro para poder sobreviver alguns meses sem receber um salário fixo. Aproximadamente 5 meses seria tempo o suficiente para você se acostumar e conseguir ganhar uma quantia relativamente boa com seu trabalho freelance.

Estando seguro sobre seus passos, as chances de tomar uma atitude ruim são poucas.

Organização

Além de coragem, você precisa ser organizado, afinal, você terá de cumprir datas com seus clientes, e um feedback negativo pode impactar de maneira desvantajosa sobre o seu negocio, por isso, seja organizado.

Você vai perceber que seu rendimento será melhor quanto mais organizado você for, sendo assim, você conseguirá produzir mais e ganhar mais.

Disciplina

Para trabalhar como freelance ou por home office, você precisará de disciplina e responsabilidade. Pois você terá metas para cumprir e projetos para realizar.

Caso você não consiga entregar o trabalho a tempo, você terá toda a responsabilidade sobre o serviço, o que pode impactar no seu ganha pão, por isso, ter disciplina é primordial.

Leia: Home Office – 10 Sites para conseguir um trabalho remoto

Foto por Daria Nepriakhina - Freelance - mulher trabalhando com um computador

Foto por Daria Nepriakhina

Vantagens e desvantagens de trabalhar como freelance

Assim como todo tipo de serviço, existem vantagens e desvantagens com o trabalho freelance, por isso é necessário se planejar bem antes de deixar a sua vida estável para trás.

Organizar seu próprio horário

Muitas pessoas não conseguem adaptar suas rotinas para um trabalho fulltime, seja por possuir filhos, por querer viajar ou até mesmo porque não gostam de se locomover para ir ao trabalho.

O freelance é uma ótima opção para pessoas que buscam uma rotina diferente da convencional.

Trabalhar mais = ganhar mais

Outra vantagem de ser autônomo é realmente usufruir do beneficio de trabalhar mais e ganhar mais. Diferentemente das empresas convencionais que pagam o trabalho por hora trabalhada, você não terá limites, abrindo assim uma oportunidade para ganhar mais em algumas ocasiões.

Liberdade

Você será livre para tomar um dia de folga se necessário, poderá viajar e trabalhar ao mesmo tempo e será dono dos seus horários. Com isso, vai sentir a liberdade de se sentir confortável trabalhando.

Benefícios de trabalhador

Não existe vale refeição, vale alimentação, vale transporte, décimo terceiro salário, férias remuneradas, etc. Nenhum desses benefícios se aplica aos autônomos. No entanto, hoje em dia o MEI cumpre com alguns desses benefícios como aposentadoria, auxilio doença, salario durante a maternidade, etc.

Instabilidade econômica 

Dependendo do seu nicho, nem todos os meses o fluxo de serviço será igual, portanto, é necessário sempre possuir uma economia de dinheiro para possíveis incidentes.

MEI – Micro empreendedor individual

O MEI é o registro que formaliza o micro empreendedor individual, para que o trabalho seja oferecido de forma legal.

Será necessário pagar uma taxa mensal para poder ter acesso aos direitos de um trabalhador formalizado como aposentadoria, salario maternidade, auxilio doença, etc.

Com o MEI você terá seu próprio CNPJ de empresa, podendo abrir uma conta empresarial, ter empréstimo facilitado, oferecer nota fiscal, etc.

Ao oferecer notas ficais, por exemplo, você conseguirá vender para grandes empresas, aumentando assim seu espectro de venda.

Recomendamos que você abra o seu MEI para trabalhar como freelance. Leia: MEI: Microempreendedor Individual

homem trabalhando relaxando - foto por ali yahya - freelancer

Foto por Ali Yahya

Sites para conseguir freelas

Como indicamos em outras matérias, falar outro idioma é essencial para se inserir no mercado de trabalho, principalmente no que diz respeito às vagas freelance.

Pois imagine que suas oportunidades de clientes irão além do Brasil. Leia:  Idiomas: Porque aprender inglês e espanhol é tão importante? . Por isso, separamos os sites em dois tipos, os que estão em português e os que estão em inglês.

Em português:

  1. Freelancer.com.br
    Você pode criar seu perfil nesse site como freelancer, logo, os clientes interessados entrarão em contato com você.
  2. 99freelas
    Os clientes postam as vagas dentro do 99 freelas, e você pode se postular as que achar mais interessantes.
  3. Workana
    Também são postadas as ofertas e o interessado deve entrar em contato com o cliente.
  4. GetNinjas
    O Getninjas faz o contato entre o freelance e o cliente. Você se inscreve como profissional dentro do site e eles te direcionarão os serviços que se encaixem no seu perfil. O aplicativo é gratuito e você não precisa pagar comissão.
  5. Indeed
    Por mais que não seja o foco do site, o indeed oferece uma seção de buscas para trabalho freelances, aonde o cliente posta o tipo de trabalho que ele precisa.
  6. ComunicaGeral
    É um site voltado para programadores e desenvolvedores,  aonde você pode colocar seu perfil e também buscar vagas.
  7. Freelancer
    É uma ferramenta que comunica o cliente ao autônomo, no qual o pagamento é intermediado pelo site. É necessário realizar um pagamento para utilizar a ferramenta. O primeiro mês é grátis, mas o valor é de 10 dólares mensais.
  8. Trampos.co
    O site não é exclusivo sobre freelance, mas tem uma área para busca que pode ser utilizada. Além disso, o site oferece uma plataforma paga de cursos profissionalizantes, que são muito interessantes.
  9. WeDoLogos
    Como o próprio nome já diz, o site é voltado à criação de logo marcas, portanto ele é voltado à designers e desenhadores.
  10. Meu Redator
    Especializados em redatores profissionais, o site oferece oportunidade para criação de conteúdo e funciona como facilitador entre o cliente e o escritor.  O pagamento só pode ser retirado do site a partir de R$150 reais e os preços dependem do acordado entre o cliente e o freelance.
  11. Matchist
    Esse site buscará vagas na área de development/programação, fazendo uma copilação de informações de diversos sites.

Em inglês:

  1. Upwork
    De acordo com a Forbes, a Upwork foi a ferramenta de busca de trabalho que mais cresceu durante os últimos anos sendo assim, a mais utilizada.
  2. Guru
    Você criará seu perfil dentro do Guru e enviará orçamento para as propostas de trabalho que estiverem posteadas no site. O site mantem uma lista dos trabalhos que foram realizados anteriormente.
  3.  Fiverr
    É necessário criar um perfil explicativo sobre quais serviços você pode oferecer dentro do site, uma vez que você tenha isso preenchido, os interessados entrarão em contato.
  4. Folyo
    A Folyo é muito interessante por ser uma comunidade de trabalhos freelance. Ou seja, não é exatamente um site de emprego, se não que um newsletter aonde, se você estiver inscrito, poderá participar da comunidade para ter referencias e conhecimento sobre oportunidades.
  5.  The Muse
    Um dos sites que mais possuem vagas freelancer e home office no mundo, sendo mais de 80 mil oportunidades em diversas áreas.
  6. Skip the Drive
    Também é um site de copilação de vagas, ou seja, ele busca ofertas publicadas em outros sites oferecendo uma lista mais completa de possibilidades.
  7.  Rat Race Rebellion
    Trabalha com empresas como CNN e ABC News, oferece grandes oportunidades para encontrar vaga ideal.
  8. FlexJobs
    Assinando o serviço do Flexjobs, você terá acesso a vagas que prometem ser mais filtradas.
  9. Krop
    É um site desenhado para buscar trabalhos freelance para designers. Você pode construir seu portfólio e os interessados entrarão em contato.
  10. Just Answer
    É um site aonde pessoas com determinados tipos de diplomas (médicos, veterinários, engenheiros, etc) são pagos para responder perguntas postadas.

    Foto por Oli Dale - Mesa com notebook café e caderno

    Foto por Oli Dale

Comentários

Gostaria de saber das nossas novidades?Assine nossa Newsletter e receba conteúdo de primeira qualidade no seu e-mail!

Assine a nossa newsletter e receba dicas para sua vida profissional no seu e-mail!