INSS: Como Calcular o Auxilio doença

Calcular o auxilio doença não é uma tarefa fácil, pois envolve diversos cálculos que são complexos.

Muitos irão perceber que nem sempre o calculado por calculadoras onlines refletem exatamente o valor real que será recebido, por isso, recomendamos que tente realizar o calculo manualmente para conseguir um valor mais próximo a realidade.

Lembre-se que, de todas as formas, o calculo é realizado pelo próprio INSS sem a necessidade de interação humana. Ou seja, o próprio programa do INSS calcula os valor que será oferecido.

Abaixo explicamos como calcular o auxilio doença, e como você pode se certificar que estão te pagando o que corresponde.

Leia também: INSS: Tudo sobre o Auxilio Doença

Médica atendendo paciente em hospital

Foto por Hush Naidoo

Como Calcular o Auxilio Doença

De todas as maneiras, se você quiser saber como calcular o auxilio doença, você pode seguir calculando o Salário de Beneficio e o RMI. Esses dois dados serão necessários para compreender o funcionamento do auxilio doença e seus determinados valores.

Salário de Benefício:

O Salário beneficio é o primeiro passo para conseguir calcular o auxilio doença, porem, não é o único. Leia atentamente todas as instruções para conseguir calcular o seu.

Primeiramente é necessário saber que existem duas regras. A Regra Geral e a  Regra Transitória.

As mesmas são compostas pelo mesmo calculo, ou seja, ambas chegaram ao mesmo resultado. No entanto, a grande diferença entre ambas são as datas.

Portanto, é importante saber em qual das duas você se aplica na hora de calcular o auxilio doença.

Regra Transitória

Essa regra se aplica pela lei Lei 9.876/99 à todos os trabalhadores que já eram filiados ao INSS antes de 28/11/1999. Porem, devido a troca de moedas de cruzeiros à reais em julho de 1994, os valores que serão utilizados serão os posteriores à essa época.

Regra Geral

Essa regra (expressa na Lei 8.213/91)  será aplicada para todo que se filiaram ao INSS após 29/11/1999.

Portanto, a forma de calcular o auxilio doença depende da época em que você se filiou ao INSS.

1.Como calcular o auxilio doença:

Selecionar 80% dos melhores salários recebidos

Serão selecionado os 80% melhores salários recebidos durante os períodos indicados na regra para calcular o auxilio doença. Os 20% restantes não entrarão para o cálculo.

Ou seja, se você se aplica na Regra Transitória, os salários selecionados serão os salários a partir 01/07/1994.

Se você se aplica à Regra Geral, os salários selecionados serão após 29/11/1999.

Por exemplo:

Personagem exemplo para calcular auxilio doençaMatheus

Começou a trabalhar em 2010. Portanto, ele esta dentro da Regra Geral.

Desde que começou a trabalhar, ele efetuou pagamento de 200 meses para o INSS.

Abaixo vamos calcular o auxilio doença de Matheus:

Parcelas pagas: 200

80% de 200 parcelas: 160 salários.

Serão somados os 160 salários de maior valor encontrados e o valor será dividido por 160.

Média dos melhores 80% salários: R$1500,00.

No entanto, ainda não é esse o valor total. Precisamos de mais um passo para calcular o auxilio doença.

2. Como saber qual é a Renda Mensal Inicial (RMI)

Para conseguir chegar ao valor da Renda, utilizaremos o Salário de Beneficio, as últimas 12 contribuições e uma alíquota de 0.91%.

Será necessário realizar a média dos últimos 12 salários e comparar-la com o salário de beneficio após realizar a multiplicação pela alíquota.

Se o resultado for maior que a média nos últimos 12 meses, haverá a limitação no valor.

Exemplo:

Voltando ao exemplo do Matheus.

Personagem exemplo para calcular auxilio doença

Parcelas pagas: 200

80% de 200 parcelas: 160 salários.

Média dos últimos 12 salários recebidos:  R$1500,00

Média dos melhores 80% salários (salário beneficio): R$1300,00.

Multiplicação do salário beneficio pela alíquota de 0,91: R$1.183,00

Renda Mensal Inicial: R$1.183,00

Porem, a Renda Mensal Inicial depende de outros fatores, que podem afetar o valor do auxilio doença recebido.

Nesse caso, a renda ficou menor que o valor dos últimos 12 salários, portanto, o valor da Renda Mensal Inicial será mantido e o trabalhador receberá R$1.183,00 mensais por seu auxilio doença.

Caso o valor da Renda Mensal Inicial ultrapasse o valor da média dos últimos 12 salários, o valor da Renda Mensal Inicial será o mesmo valor da média da soma dos 12 últimos salários.

Por exemplo:

Suponhamos que Thais tenha efetuado o pagamento de 150 parcelas do INSS.

Parcelas pagas: 150

80% de 200 parcelas: 120

Média dos últimos 12 salários recebidos:  R$2000,00

Média dos melhores 80% salários (salário beneficio): R$2500,00

Multiplicação do salário beneficio pela alíquota de 0,91: R$2275,00

Renda Mensal Inicial: R$2000,00

Se o valor da Renda Mensal Inicial for menor que o valor de um salário minimo, a renda será equiparada ao valor do salário minimo, pois não se pode efetuar um valor menor de salário mensal.

Por exemplo, Jorge recebe um salário minimo desde o ano passado:

Parcelas pagas: 30

80% de 200 parcelas: 24

Média dos últimos 12 salários recebidos:  R$1045,00

Média dos melhores 80% salários (salário beneficio): R$1045,00

Multiplicação do salário beneficio pela alíquota de 0,91: R$950,00

Renda Mensal Inicial: R$ 1.045

Comentários

Gostaria de saber das nossas novidades?Assine nossa Newsletter e receba conteúdo de primeira qualidade no seu e-mail!

Assine a nossa newsletter e receba dicas para sua vida profissional no seu e-mail!